terça-feira, 2 de maio de 2017

Analog Science Fiction and Fact, January/February 2017


"The Proving Ground" - Alec Nevala-Lee: Uma curiosa mistura de cli-fi com Os Pássaros de Hitchcock. Os descendentes dos nativos das ilhas Bikini regressam ao atol, agora quase submergido pelos efeitos do aquecimento global, testando conceitos de cidades flutuantes como forma de regressar às terras ancestrais num planeta assolado pelas alterações climatéricas. Desconhecem que quem os financia os está a usar como cobaias numa experiência de geo-engenharia para estudar formas de sequestramento de carbono nos oceanos, com uma tecnologia que tem como efeitos secundários estimular o crescimento de algas, aumentando o número de peixes na área, atraindo bandos de pássaros a uma fonte de alimentação fácil. Mas algumas das algas em crescimento explosivo são nocivas, e introduzidas na cadeia alimentar dos animais vão provocar comportamentos anómalos nos pássaros, o que se traduz na destruição da colónia sob uma avalanche de pássaros assassinos.

"Twilight's Captives" - Christopher L. Bennett: conto em género de intriga diplomática entre espécies alienígenas, que passa demasiado tempo a mostrar o seu mundo ficcional e a perder-se em intriga filigranada, palavroso e entediante.

"Orbit of Fire, Orbit of Ice" - Andrew Barton: dois astronautas, encarregues de recuperar uma estação orbital abandonada, quase perecem devido a uma avaria, mas conseguem salvar-se efetuando um salto para o espaço. Ambiente bem conseguido, a invocar um plausível futuro próximo em órbita terrestre.

"Long Haul" - Marie DesJardin: A comandante e tripulante de uma nave de longo curso, habituada à dura solidão das estrelas, encontra num animal alienígena exótico, telepata e algo repelente o companheiro perfeito. Mas a criatura desperta as piores xenofobias no pessoal da estação espacial à qual a sua nave está atracada.

"Catching Zeus" - Tom Jolly: conto simples e eficaz sobre pesquisadores geológicos que arriscam a vida nas zonas isoladas do Canadá, em busca de metais super-condutores. A geologia pode ser uma ciência de aventuras, especialmente quando se tem colegas russos e chineses rápidos no gatilho, porque o resultado das pesquisas poderá significar vantagens económicas.

"Drifting Like Leaves, Falling Like Acorns" - Marissa Lingen: parece um apontamento trans-humanista, num mundo onde os humanos induziram mutações em si próprios. Escrevo parece, porque o conto é demasiado difuso e pouco claro na sua construção, para ser interessante.

"Throw Me a Bone" - Stanley Schmidt: e se, pergunta este conto na secção de humor paradoxal de FC Probability Zero da Analog, um osso de dinossauro gigante fosse apenas um osso escondido pelo cão ainda mais gigante de uma família especialmente gargantuesca? Uma questão que trará agruras à carreira de um paleontólogo.

"Dall's Last Message" - Anitha Ann Adkins: um conto eficaz que imagina um ecossistema submarino de seres conscientes, que ao chegar ao final das suas vidas gravam mensagens para ajudar o colectivo da colónia a evoluir.

"The Last Mayan Aristocrat" - Guy Stewart: nos dias do ocaso dos maias, com a penetração intensa dos conquistadores espanhóis, um dos últimos representantes da religião maia recebe um pedido estranho, de um outro sacerdote maia. Este pede-lhe que atire os seus ossos, gravados com um códex especial, na cratera de Chicxulub, para que os seus compatriotas no futuro recordem toda a história, intuindo que este é um alienígena deixado na Terra para monitorizar a evolução humana nesta zona selvagem do planeta.

"The Shallowest Waves" - Thoraiya Dyer & Alvaro Zinos-Amaro: duas linhas narrativas que se unem com eficácia num final bem conseguido. Numa, passada no futuro próximo, uma mulher sacrifica tudo, inclusive, sem querer, o próprio filho, para ajudar o sonho de uma amiga de enviar para Europa amostras de bactérias extremófilas, numa tentativa de colonizar o satélite joviano. A dor pela perda do filho leva-a a contaminar algumas amostras a ser enviadas com ADN da criança. Num futuro mais distante, com a humanidade a espalhar-se pelo sistema solar, um implacável exo-biólogo, encarregue de mergulhar nos oceanos de Europa em busca de vestígios de vida bacteriana, faz uma descoberta inesperada. Se vestígios de vida indígena são inexistentes, e os restos das bactérias extremófilas terrestres não conseguiram sobreviver nas profundezas do satélite, a surpresa quando descobre uma colónia viva de bactérias é enorme, especialmente quando as análises revelam ADN humano nessas bactérias.

"Necessary Illusions" - Tom Greene: o confronto ideológico entre uma potência imperial galáctica e um planeta que assenta o seu regime em mistificações revela a evolução da colonização terrestre de planetas terraformados, e as formas culturais diversas que gerou.

"Paradise Regained" - Edward M. Lerner: conto arrepiante, pela sua premissa. Os descendentes de uma nave geracional que colonizou um planeta com vida alienígena degeneraram em caçadores-recolectores, um efeito secundário das adaptações genéticas a que os primeiros colonos se submeteram para estar em sintonia com a ecologia local. Resta uma nave, encalhada no planeta e com a energia a exaurir-se, e os seus guardiães, uma linhagem de descendentes de tripulantes que, a cada nova geração, compreendem menos palavras e retém menos conhecimentos dos que os seus antecessores.

"Briz" - Jay Werkheiser: um conto muito abstracto, sobre criaturas-componentes de uma nave de exploração interestelar que vivem em sintonia com a física dos sistemas da nave.

"Split Signal" - Joel Richards: conto bem construído sobre problemas éticos e legais decorrentes do trans-humanismo. Quando a personalidade virtual de um escritor falecido, cujo cérebro foi digitalizado transferindo a sua consciência para o espaço electrónico, se apercebe que há um clone seu nas maus de um hacker, começa uma aventura para libertar a sua cópia digital.

"After the Harvest, Before the Fall" - Scott Edelman: torna-se claro logo nos primeiros parágrafos do conto que o gentil camponês que trata de crianças na sua quinta é um capataz de uma operação de cultivo de orgãos. Clones são-lhe entregues como bebés, e tem de vigiar o seu crescimento até chegar à altura da colheita - quando os orgãos dos clones são necessários para os seus donos. As coisas começam a correr mal quando um dos clones desenvolve ideias perigosas, inclusivamente sobre o direito à sua vida.

"Whending My Way Back Home" - Bill Johnson: preso num passado que não é o seu, impossibilitado de regressar a um futuro que se extinguiu pelas suas acções, um viajante do tempo vai tentando influenciar detalhes do passado para que o seu futuro volte a existir.

Sem comentários: